16de Julho,2024

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

19 Oct Written by 

Faz Hoje… anos a Pulo do Lobo

 

Traditional CachePulo do Lobo by MAntunes , no sítio em que o Guadiana é engolido pela terra, distrito de Beja.

A lenda do Pulo do Lobo

Em tempos passados, vivia na Corte Gafo uma princesa de beleza deslumbrante.
No outro lado do rio, vivia um pobre camponês, moço destemido, que saltava sobre o abismo para poder encontrar-se com a sua amada.
Um dia, o pobre moço foi apanhado pelo pai da princesa, que o ameaçou com severo castigo se ele ousasse novamente aquele atrevimento.
As ameaças não assustaram o rapaz que, enleado em grande paixão, continuou com os seus destemidos saltos, visitando às escondidas a sua bela princesa.
Quando o surpreendeu de novo, o rei pôs em prática a sua ameaça.
Chamou uma bruxa que lhe lançou o seguinte feitiço:
-"Se saltares novamente o rio, transformar-te-ás em lobo."
Mas isto não impediu que o rapaz continuasse a saltar para se encontrar com a sua amada, sob a forma de lobo.
Quando o pai da princesa descobriu que os encontros se mantinham, reuniu os seus homens e os seus cães e lá partiram todos em perseguição do desafortunado rapaz, que a princesa não quis abandonar.
Tinham fugido os dois na direcção do rio, e, quando lá chegaram, tentaram saltar para a outra margem.
Contudo, a princesa não alcançou o outro lado, caiu no desfiladeiro e desapareceu na água revolta.
O rapaz não suportou a dor de perder o seu grande amor e lançou-se também no abismo, onde morreu, meio homem, meio lobo.
Retirado daqui.
 
Fotos by ajsa
 
 
Grande log de DNF!
 
Didn't find it Didn't find it lynx pardinus
02/05/2008

- “Então, foi o senhor que viu o lobo a saltar?”
- “Vi, sim senhor!” disse o habitante da herdade do Pulo do Lobo
- “E foi um grande salto?”
- “Dizem que sim!”
- “Dizem que sim? Mas, afinal, viu o salto ou não?”
- “Diz quem viu que diz que sim!”
- “Hmm! E era um lobo, certo”
- “Sim! Foi um lobo grande que deu o salto”
- “Ah! Era grande!”
- “Sim, maior do que o senhor!”
- “Também não é difícil. Eu sou um lince e toda a gente sabe que os lobos são maiores que os linces!”
- “Não, se o lobo for bebé…”
- “Argh! Ok, tem razão! E o salto, conte-me como é que foi o salto.”
-“Então, o lobo começou a tomar balanço, lá do fundo, do fundo, do fundo, ao pé do barranco onde você esteve à procura da bicha e ela não apareceu”
- “Sim…” retorqui em tom de encorajamento
- “Lá estava ele, tomando balanço, lá do fundo! Tomando balanço e acelerando, fazendo vraammm, vraammm, vraammmm, com aqueles grandes óculos escuros e o fato de lantejoulas brancos, com uma inscrição a dizer Evel Knievel! Depois, desembestou por ali fora em direcção ao rio como se o jantar dependesse da pressa com que ele ia!”
- “E o salto?”
- “Lindo! Uma beleza! Uma elegância!”
- “E quando aterrou, o que é que ele fez?”
- “Como?”
- “Quando aterrou! O que é que ele fez?”
- “O lobo não aterrou!”
- “Desculpe? Como ‘não aterrou’???”
- “Então, não aterrou! Com a bordoada que eu lhe dei quando ele saltou, como é que queria que ele aterrasse? Caiu no rio! A corrente levou-o!”
- “E o senhor não fez nada?”
- “Tirei fotos! Boas para recordação! Quer comprar??”

(diálogo fictício entre um lince e um habitante local. O sítio é fabuloso, e quase que apetece agradecer não ter encontrado a cache para ter uma boa desculpa para aqui voltar!!!)

Found it Found it Pedro Regalla

08/27/2003

Excelente Cache! Recomendada!

Nós íamos acampar em Mina de S. Domingos e eu planeava aproveitar a ocasião para fazer a manutenção da minha Cache Uma Aventura na Lagoa - I quando o MAntunes me alertou para o facto de existirem outras três Caches nesta zona do país: Apocalyptic Visions, Return of the Moors e Pulo do Lobo. Resolvi seguir o conselho!

Depois de, no dia anterior, termos encontrado a Apocalyptic Visions e de termos tentado encontrar sem sucesso a Return of the Moors, cá nos encontramos para a terceira Cache.

Saímos da carrinha e subimos por um caminho que conduzia a uma plataforma sem saída. Voltámos para trás e procurámos outro trilho. Fomos subindo e, a alguns metros da Cache já só restávamos 3: eu, o Fernando e o Dani. Dois ficaram pelo caminho e os outros dois nem subiram.
Até à Cache só eu e o Fernando chegámos.
Seria mais fácil para mim se eu não levasse uma mochila às costas, a mala da câmara de filmar ao ombro e um GPSr na mão!
A Cache estava acondicionada com grande cuidado e em excelente estado...
Encontrámo-la às 15:11h.
Depois de assinar o Log Book, coloquei um anti-mosquitos electrónico (com pilha incluída), um marcador de madeira para livros e um porta-chaves da Escola de Vôo de Santiago do Cacém. Retirei um modelo de uma moto. Sou motard e não resisti ao charme daquela moto.
Agora, depois de tudo guardado cuidadosamente, o desafio era... descer...
Depois destas três Caches os jovens comentavam Ei, isto de encontrar caixas é giro.
Pois claro que é!

Eu já tinha visitado este local há cerca de 4 anos. Nessa altura altura a cascata tinha menos água que hoje.
Todos gostámos.

Dentro da caixa podemos encontrar informação sobre o local.
Obrigado MAntunes pelo cuidado posto nesta Cache!
Esta Cache foi um prazer.


Pedro Regalla, Dani, Fernando, Marcos, Filipe, Liliana, Tiago e Juca (o cão)

Mais aqui.
Login to post comments
Geocaching Authorized Developer

Powered by Geocaching HQ
Geocaching Cache Type Icons © Groundspeak, Inc.
DBA Geocaching HQ.
All rights reserved. Used with permission.

Connect

Newsletter