26de Maio,2022

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

02 July 2012 Written by  Flora Cardoso

Geotalk - BTT - Owner da melhor cache do distrito de Lisboa

A equipa de médicos mais famosos do geocaching português já dispensa apresentação! No activo desde 2007, a Ana e o Aurélio residem em Lisboa mas marcam regularmente presença em vários pontos do país! Apreciadores de Geocaching Natureza, BTT e de Letterbox Hybrid, surpreenderam na qualidade de Owners, com uma série de engenhosas caches dedicadas ao tema das doenças de risco cardiovasculares! A Obesidade abdominal / Abdominal obesity superou todas as expectativas e foi premiada como melhor cache do distrito de Lisboa, na votação dos Prémios GPS 2011!

Parabéns btt!

Ana e Aurélio, a vossa cache Obesidade abdominal / Abdominal obesity foi a grande vencedora dos Prémios GPS 2011 em Lisboa, um distrito onde a competitividade foi elevadíssima! Quais eram as vossas expectativas relativamente a esta votação? Acolheram este prémio com surpresa?

Foi com orgulho que vimos esta cache nomeada. Depois, com alguma surpresa e alegria verificámos que fazia parte das premiadas. Nunca equacionámos que poderíamos ganhar, nem tão pouco andámos a contar números de favoritos e founds para ter uma ideia do resultado. Foi por isso uma surpresa completa – até parece mal dizer.

A concorrência era fortíssima num distrito com caches de elevada qualidade, que recebem muitas visitas. Na vossa opinião e na posição de Owner, é mais difícil marcar a diferença e surpreender em Lisboa, comparativamente com o resto do país?

Claro que existe alguma dificuldade em termos paisagísticos com um distrito sobre-explorado, no entanto existem ainda muitos spots. É evidente que, no meio de tantos owners, ideias e caches torna-se difícil surpreender pela originalidade, interesse e qualidade global. Noutros distritos uma caixa simples pode fazer uma grande cache, aqui isso torna-se mais difícil.

Do vosso ponto de vista, quais foram os factores decisivos que levaram a comunidade a votar de forma tão entusiasta na Obesidade Abdominal?

Depois da nossa primeira cache colocada, a experimentar o “terreno” as outras pautaram-se sempre por listings diferentes, cuidados, do interesse de todos, em locais que permitam alguma caminhada e abstração da vida quotidiana, além de contentores originais. Porque é simples e inesperada foi talvez a mais apreciada pela originalidade. Ficou na memória das pessoas que a visitaram.
O facto de ter sido arquivada temporariamente e toda a polémica que se gerou à volta desse episódio deu-lhe muita projecção, estimulando a curiosidade da comunidade. Deste modo deu-lhe mais visitas e potenciais votos. Podemos assim dizer que teve um lobby involuntário.

Esta cache teve um ciclo de vida algo atribulado, chegando mesmo a ser arquivada prematuramente mas, felizmente, voltou rapidamente ao activo! Como encararam este episódio e que ensinamentos tiraram desta experiência?

Foi uma situação dolorosa pelo carinho colocado na manufatura de todos os pormenores mas também por comparações, que nos pareceram exageradas, com outras caches que tinham efeitos nefastos na natureza, até porque sempre tivemos muito cuidado para não destruir ou fomentar destruição do património, seja ele natural ou não.
Pensamos que toda a comunidade que teve conhecimento do episódio aprendeu alguma coisa e talvez tenha sido um ponto de viragem na proteção do meio envolvente na colocação de novas caches. Só por isso valeu a pena.

Que conselhos querem deixar a Owners que passem por dificuldades semelhantes no que respeita à interpretação das Guidelines? O diálogo com os nossos revisores assume aqui um papel fundamental?

Nesses casos achamos que os owners se devem munir de opiniões de especialistas nesse campo e, de modo racional e científico, apresentarem as mesmas para que possam avaliadas e eventualmente modificar a decisão por parte dos revisores.

O diálogo construtivo entre as pessoas é sempre importante em qualquer circunstância e neste caso, por reconhecerem como válidos os argumentos apresentados, os revisores tiveram o mérito de tomar a decisão mais difícil que foi voltar atrás no arquivamento.

Imagem

Qual é a vossa apreciação global sobre a iniciativa dos Prémios GPS?

Todos sabemos que haverá sempre desacordo com os métodos, que nunca são perfeitos, mas é importante que as discussões não sirvam para dividir mas sim para unir toda a comunidade num objectivo comum - melhorar.
Parece-nos pois que a iniciativa dos Prémios GPS é indiscutivelmente um estímulo ao geocaching de qualidade e impulsiona a actividade de muitas formas, independentemente de quem é ou não premiado, embora isso seja, obviamente, gratificante.

Pelo segundo ano consecutivo estiveram presentes na Cerimónia de Entrega dos Prémios GPS. Qual a vossa opinião sobre este evento, e em que pontos eventualmente acham que pode ser melhorado, em próximas edições?

É indiscutível que gostámos de ambos os eventos e pensamos que foram perfeitos ou mesmo quase profissionais. A ambição de fazer melhor deve estar sempre presente mas é necessário lembrar que estamos a falar de eventos amadores e de investimentos limitados. Até o pormenor da distribuição das águas fez a diferença e mostrou que quem organizou este evento esteve bem à altura dos melhores.

2011 foi um ano de boas memórias no vosso calendário de Geocaching? Quais foram as caches publicadas nesse ano que mais vos marcaram pela positiva?

O ano de 2011 foi um ano de muito boas memórias e de excelentes caches, não necessariamente publicadas nesse ano. Podemos destacar umas dezenas mas a Isis e Osiris levou os nossos 30 pontos pois é uma cache completa, embora os mais distraídos não lhe vejam paisagem. Não escondemos que gostamos muito de “letters”. Podemos nomear outras de 2011: Um Metro e Vinte . :.- : . - De Paciência; The Haunted Mansion - Mansão Assombrada; SPT#28 - Cascatazinha e outras deste PT; Rapto no Canto do Ribeiro - TFT01; Prison Break - Geo Fuga; O Roubo do Século; O Criptex; Safari(s) do guadiana; GeoInvestigação Criminal; Fisgas, bela cascata; Cais do Carvão; Aventura no Jamor; Aldeias do Sal TB Hotel [Rio Maior]; A velha Ponte do Barbancho; A 1ª Cache do Owner Cujo Nome é Impronunciável, não estando por ordem de preferência.

Imagem

Podemos contar com toda a vossa criatividade de Owners ao serviço do Geocaching, para o ano de 2012?

Claro. Já temos em 2012 a cache Tabagismo / Smoking que esperamos agrade à comunidade. Virá a lume em breve uma outra da saga das doenças de risco cardiovascular.
Se o tempo assim o permitir, uma letterbox ficará também ao dispor este ano. Mas isso logo se vê, pois é uma cache complexa, com muito trabalho que será invisível aos geocachers.

Obrigada btt e mais uma vez parabéns por este merecido prémio!



3 comments

  • Comment Link Paulo
Hercules 06 July 2012 paulohercules

    Já vos tinha dados os parabéns pessoalmente no auditório de Mondim mas, ficam também aqui para a posteridade.

  • Comment Link Pedro
Longuinho 02 July 2012 Lupinlongo

    Muitos parabens, voces merecem. Assim que puder vou lá ver a obesidade abdominal. E eu que não consigo ver-me livre da minha lol.

    Abraço Gangster

  • Comment Link Sérgio Reis 02 July 2012 Sphinx1975

    Mais uma vez Parabéns Ana e Aurélio, ainda não visitei a vencedora de Lisboa mas será no 1º fim de semana de Agosto.
    Até breve aos 2, beijo e abraço :P

Login to post comments
Geocaching Authorized Developer

Powered by Geocaching HQ
Geocaching Cache Type Icons © Groundspeak, Inc.
DBA Geocaching HQ.
All rights reserved. Used with permission.

Newsletter