30de Novembro,2022

Geopt.org - Portugal Geocaching and Adventure Portal

28 October 2012 Written by 

GeoTalk - Aldeias de Montanha

De 2 a 4 de Novembro as Aldeias de Montanhas propõem-nos uma aventura inesquecível pela Serra da Estrela. Um mundo maravilhoso que espera por nós!

Com a Serra da Estrela como pano de fundo e a existência de cerca de Cem novas geocaches em lugares deslumbrantes, será, com certeza, um excelente cocktail para um fim-de-semana muito bem passado.

O GeoPT esteve à conversa com os organizadores deste evento para saber um pouco mais deste projecto.

 

Que geocachers estão por detrás do nickname “Aldeias de Montanha”?

Quem se encontra por detrás do nickname Aldeias de Montanha é toda a equipa organizativa. Os responsáveis pelo Evento são o Centro Dinamizador das Aldeias de Montanha, o Dr. Paulo Loução e da Dra. Severina Gonçalves - Ésquilo, Nuno Veríssimo e Tânia Costa - GeocacherZONE, parceiro responsável pelo Geocaching.

Como surgiu a ideia de organizar “o maior Evento de Geocaching jamais realizado na serra da Estrela”?

Nuno Veríssimo, Tânia Costa - A nós foi-nos apresentado o projecto a meio deste ano, e desde o princípio que acreditamos no projecto e o abraçamos de corpo e alma. Porque tem tudo a ver com o grande objectivo do Geocaching, fazer com que as pessoas descubram locais novos e deslumbrantes, muitas das vezes pouco ou nada divulgados...

Paulo Loução, Severina Gonçalves – Nós realizámos um estudo identitário sobre estas nove Aldeias de Montanha (Alvoco da Serra, Cabeça, Lapa dos Dinheiros, Loriga, Sabugueiro, Sazes da Beira, Teixeira, Valezim e Vide), investigando os seus costumes, tradições, história, lugares de valor paisagístico, arquitectónico e arqueológico, e deparámos com uma Serra da Estrela fabulosa e muito pouco conhecida. Assim, para dar a conhecer este tesouro do nosso país, o geocaching é, sem dúvida, um meio privilegiado para visitar estes lugares mágicos, recantos naturais, belezas serranas. Dizia o serrano Aquilino Ribeiro que a Serra nos tira as «teias de aranha da alma», uma aventura que nos rejuvenesce

Têm inúmeras actividades ao dispor dos geocachers que compareçam a este evento. Querem falar um pouco sobre elas?

NV, TC – Para começar logo durante a manhã de dia 2 de Novembro, começarão a ser publicadas as geocaches referentes a este projecto. A partir das 17h será a abertura oficial do evento com o Check in no CISE.
Ainda no dia 2 de Novembro pelas 20h30 um jantar convívio com música ao vivo para quem desejar participar no mesmo, no Sabugueiro, a aldeia mais alta de Portugal.
No dia 3 de Novembro o programa inicia-se pelas 10h com a abertura do check in no CISE, os geocachers terão a manhã livre para poderem descobrir as aldeias à sua maneira, quer à procura das novas caches ou das que já existem no conselho de Seia. A partir das 15h daremos início a um evento CITO com o intuito de realizar uma pequena limpeza ecológica num trilho, em Loriga.
No final da tarde pelas 19h daremos início à Tertúlia de Geocaching com o tema: “O estado do Geocaching em Portugal”.
A seguir à Tertúlia, haverá um Serão d’Aldeia – Noite das Caçoilas, onde cada geocacher poderá optar por participar ou não. Quer a Tertúlia e o Serão d’Aldeia serão no Sabugueiro.
No dia 4 de Novembro começamos o dia logo pelas 9h em Loriga com uma caminhada de iniciação ao Geocaching, ou seja quem desejar tirar dúvidas, iniciar-se no geocaching ou simplesmente conviver poderá participar. Esta caminhada é da responsabilidade de GeocacherZONE e totalmente gratuita
Pelas 11h na Aldeia da Cabeça haverá um workshop com o tempo “Como esconder uma Geocache” da responsabilidade da GeocacherZONE, totalmente gratuito.
E para finalizar o evento a partir das 13h30 um almoço-convívio para todos os geocachers que desejarem estar presentes.

PL, SG – Este almoço, em Alvoco da Serra, a povoação mais próxima da Torre, será realizado em exclusivo para os participantes no Evento e terá uma ementa da mais genuína gastronomia serrana. Na sobremesa actuará o grupo musical Balancé da Cabeça. Cremos que, assim, este fim-de-semana se fechará com chave de ouro.

UKXA2

“Por entre as paisagens magníficas destas nove Aldeias os geocachers terão o desafio de encontrar quase 100 caches.” Consideram que a colocação de 100 caches neste concelho atrai mais geocachers ao evento?

NV, TC - O lançamento das caches apenas irá coincidir com o evento, nada mais.

PL, SG – As caches foram colocadas com o intuito de dar a conhecer aos geocachers as maravilhas deste território, que são muitas…

Uma preocupação de muitos geocachers que vêm de forma menos positiva os Powertrails é o problema da manutenção a médio prazo, levando a muitos plásticos volvidos ao abandono. Como tencionam contornar essa situação?

NV, TC - Para este projecto existe um plano de manutenção às caches colocadas, e também foram apenas utilizados materiais de qualidade para que a existencias das mesmas perdure por muito tempo e com uma manutenção reduzida. Aquilo que poderemos desde já adiantar, é que irão gostar, com toda a certeza.

PL, SG – Sim, existe uma real preocupação de manter as caches, pois estão em lugares-chave destas aldeias e paisagens serranas. Assim a questão paisagística e ecológica é algo que nos preocupa sobremaneira e, por isso, tentamos salvaguardá-lo em todas as nossas intervenções. A pureza da Serra é um dos seus bens insubstituíveis que todos devemos cuidar para que jamais se perca.

Tendo em conta a conjuntura económica do país, e sabendo que os geocachers não fogem à regra, este evento torna-se dispendioso para quem tenha que se deslocar, pela distância, pelo alojamento, pelas refeições. Como pensam ultrapassar esta situação? Está disponível alguma solução lowcost?

NV, TC - Pelo que sabemos foram feitos todos os esforços por parte da organização para minimizar os custos dos Geocacher’s. Mas cada qual poderá sempre recorrer à partilha de viatura para minimizar custos de deslocação. Quanto às dormidas podem optar pelo hotel oficial do evento – Quinta do Crestelo – que para além dos quartos normais, tem disponivel a opção de camarata por apenas 12,50 € por pessoa com pequeno almoço incluido. Podem consultar mais informações neste link: http://www.geocachingnasaldeiasdemontanha.com/hoteis.html

PL, SG – Neste território a relação de preço qualidade é muitíssimo boa. Temos acesso a alojamento e a restaurantes de excelente qualidade e autenticidade a valores muito moderados. E há algo que não tem preço, é o ar serrano, a água cristalina e a qualidade dos alimentos da montanha. Com um orçamento equilibrado, consegue-se passar um fim-de-semana inolvidável. Também alguns restaurantes da região farão preços especiais e muito atractivos em exclusivo para os geocachers participantes.

Houve reacções negativas ao envio massivo de mail's a publicitarem o evento. O que respondem a quem vos acusa de "spam" e uso não autorizado de e-mails?

(Não obtivemos resposta a esta questão)

O que diriam aos geocachers que ainda não fizeram o will attend?

NV, TC – A mensagem que gostaríamos de passar é que foi feito um esforço de toda a equipa organizativa, para que os participantes possam conhecer esta bela região das Aldeias de Montanha da melhor maneira. Desde os locais fantásticos que vêm descobrir, aos costumes das pessoas que habitam nas aldeias, à gastronomia fantástica que a “Serra” tem para vos oferecer. Venham e uma certeza teremos: Não se arrependerão.

PL, SG – Sem dúvida, o som das cascatas, os amplos horizontes da montanha, a hospitalidades dos serranos, a intimidade da Serra, estão à vossa espera. Estamos certos que será uma fim-de-semana inesquecível, que realmente valerá a pena pela aventura, a descoberta e a convivência. Enfim, excelente para o corpo e para a alma.



6 comments

  • Comment Link JoãoGouveia 29 October 2012 Felinos

    Criticar é fácil e atrás de um PC ainda mais!

    Em primeiro lugar, parabéns pela iniciativa.
    Em 2º, pela entrevista. Perguntas pertinentes.

    Por último, a crítica: lamentável não terem tornado público, logo no início, a participação desta empresa!

  • Comment Link Paulo
Hercules 28 October 2012 paulohercules

    :sigh: :-? :o :eek: :-x

  • Comment Link João Manuel Carneiro Malheiro 28 October 2012 Pintelho

    Muito boa entrevista :). Parabéns!!

  • Comment Link Joaquim Safara 28 October 2012 jasafara

    [quote name="luis_pt"]"Não obtivemos resposta a esta questão". Então por que é que publicaram a entrevista?[/quote]
    Porque as entrevistas em lado nenhum deixam de ser publicadas por falta de resposta a uma pergunta. O que foi feito é o correcto. Ficou a pergunta e a nota sobre a ausência de resposta.

    [quote name="luis_pt"]E para quem tem memória curta: [url=http://www.coord.info/GC32QY1]GC32QY1[/url]. Gostava de ter visto uma ou duas perguntas sobre esse outro assunto.[/quote]
    Não não vinha ao caso para esta entrevista. Está claro que aqui existe uma organização grande por trás do evento, o que não era manifestamente o caso da Geocoinfest.

  • Comment Link Luís
Bernardes 28 October 2012 luis_pt

    "Não obtivemos resposta a esta questão". Então por que é que publicaram a entrevista?

    E para quem tem memória curta: [url=http://www.coord.info/GC32QY1]GC32QY1[/url]. Gostava de ter visto uma ou duas perguntas sobre esse outro assunto.

  • Comment Link Joaquim Safara 28 October 2012 jasafara

    Tem tudo para vir a ser um grande evento.
    Pena não ter sido respondida a única pergunta mais "incomoda" mas que tinha de ter sido colocada.

    E teria sido fácil darem a volta. Bastava o NV e a TC terem respondido que deveria ter ficado claro desde o início a ligação da GeoacacherZone ao evento e que assim apenas estavam a divulgar uma acção a que a empresa estava associada.
    Tipo o que aconteceu dia 26 com a "newsletter Outubro 2012" que todos os que temos os nossos mails da BD da empresa recebemos na passada 6ª feira.

    Parabéns à Mónica por este seu primeiro GeoTalk :-)

Login to post comments
Geocaching Authorized Developer

Powered by Geocaching HQ
Geocaching Cache Type Icons © Groundspeak, Inc.
DBA Geocaching HQ.
All rights reserved. Used with permission.

Newsletter